José Guedes Marques Novo

Incorporado no Regimento de Artilharia de Costa em Janeiro de 1978. É colocado em Alcabideche – 1ª Bateria, onde faz a recruta como soldado. Terminada a recruta, é selecionado para a escola de Cabos que decorre em Oeiras, tendo tirado a especialidade de Costa Telémetro. Ainda em 1978 e em Oeiras – 3ª Bateria, é selecionado, para Monitor de um Pelotão do terceiro turno e seguidamente, de um Pelotão do primeiro Turno de 1979. Regressa a Alcabideche para terminar o serviço Militar Obrigatório.

Entretanto, solicita que seja readmitido ao serviço como contratado. Aceite, cumpre mais 2 anos nessa situação, passando então para o Quadro Permanente. Em Oeiras – BCS, presta serviço na Secção Auto, Secção Financeira e Secretaria, por esta ordem.

Em 1987, a seu pedido, é transferido para a Direção do Arma de Artilharia. Aí, desempenha funções na secretaria e depois numa outra repartição, tendo a seu cargo o controlo e transferência em meio digital, do pessoal do Quadro Permanente da Arma de Artilharia.

Em todo o tempo de serviço Militar, vai estudando. Faz o 12º Ano no Liceu de Oeiras. Faz 2 anos de Geologia na Faculdade de Ciências de Lisboa, interrompendo por não ser compatível com o horário de trabalhador estudante.

Entra no Instituto de Engenharia de Lisboa, para o curso de Engenharia Eletrónica e Telecomunicações que termina em 1992. 

Passa à situação de Licença Sem Vencimento.

Entra para a maior empresa nacional de informática – RIMA. Participa em grandes projetos, nomeadamente na informatização da CGD - sede e agências, Banco Pinto e Sotto Maior, Caixa Agrícola, Jumbo Pão de Açúcar, Mackro, Pingo Doce, etc. Apesar destes projetos/clientes, a RIMA entra em processo de insolvência.

Desempregado, cria uma empresa de informática e telecomunicações, onde ainda hoje se mantém como gerente.

Tem 61 anos, uma filha e reside em Viseu.

 

 

<< Voltar à página anterior